Diversos

Catarata Em Cães – Sintomas e Tratamentos

Catarata Em Cães é uma doença deixa a lente do olho esbranquiçada e atrapalha a passagem da luz. Desta maneira prejudica a visão. O cachorro com catarata  passa a ter muita dificuldade de enxergar. Este problema pode acontecer nos dois olhos ou apenas em um.

Sintomas de Catarata em Cães

Existem raças de cães que são mais propensos a terem a catarata, como o Poodle, Cocker spaniel, Schnauzer, Fox Paulistinha, Lhasa Apso, Yorkshire, Golden Retriever e algumas outras. O maior problema desta doença é que ela pode ser extremamente silenciosa.

Compartilhamos abaixo algumas causas da Catarata em animais:

-problemas congênitos (o animal nasce com a catarata);

-problemas hereditários;

-problemas traumáticos;

-doença pós-inflamatória;

-doenças metabólicas (diabetes, por exemplo);

-problemas nutricionais;

-idade.

A doença é a opacificação do cristalino, o que gera a mudança do olho de quem tem a doença deixando a região com a cor branca no centro. Em um grau mais avançado, a catarata pode levar o cachorro a esbarrar em objetos, paredes ou demonstrar insegurança ao descer escadas. E ainda há a possibilidade de ocorrer casos em que os sinais clínicos se tornam quase imperceptíveis ou sequer passam a existir. Assim que se percebe este sinal em seu cachorro, procure a ajuda de um veterinário.

Tratamentos de Catarata Em Cães

A catarata canina é uma doença sem cura e, no momento em que se instala a opacidade, ou seja, a perda da transparência, a lente não pode tornar-se transparente novamente, sendo a única solução a cirurgia. Trata-se de um procedimento de remoção da lente que pode ou não ser substituída por outra.  Mesmo que a cirurgia seja a única solução, nem todos os cães estão aptos a fazer este procedimento. É indispensável que o cachorro esteja saudável e o olho não tenha inflamações. Para isso, são feitos alguns testes no animal, como: análises de sangue, exame ao estado físico geral, análise do risco da anestesia.

O procedimento é muito delicado e exige uma anestesia geral. A técnica utilizada é a mesma usada nos humanos e o índice dela ser um sucesso é de aproximadamente 95%. Após cirurgia o cão deve tomar a medicação prescrita, repousar bastante e permanecer com colar protetor.

Compartilhamos abaixo vídeo sobre catarata em cães:

https://youtu.be/6kWdZTaMY3Y

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! A catarata também é um  problema que pode acontecer com seu cãozinho! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.