Saúde

Blefarite – Sintomas e Como Tratar

Blefarite  acumulo de secreção junto aos cílios. Todos nós temos na margem das pálpebras, junto dos cílios, glândulas que fabricam uma secreção gordurosa. Essa secreção gordurosa compõe nossa lágrima. Às vezes esta glândula não produz a secreção de forma correta devido à alterações hormonais, à infecções bacterianas, a um excesso de gordura e algumas vezes sem causa aparente.

Blefarite - Sintomas e Como Tratar

Sintomas da Blefarite

A blefarite é mais comum em pessoas com tendência a pele oleosa, caspa e seborréia. Pessoas que tem uma doença dermatológica chamada rosácea ocular costumam apresentar uma blefarite intensa. Essas glândulas funcionando mal podem causar uma alteração na nossa lágrima ocasionando um quadro de olho seco. A blefarite pode ser classificada em dois tipos:

Anterior: Que ocorre na borda frontal da pálpebra, onde os cílios se ligam;

Posterior: Afeta a parte interior da pálpebra, que entra em contato com o globo ocular.

Abaixo compartilhamos sinais e sintomas da blefarite:

– Olhos vermelhos;

– Comichão e ardor nos olhos (sensação de areia nos olhos);

– Caspa na base das pestanas;

– Lacrimejo ou olhos lacrimejantes;

– Pálpebras edemaciadas e avermelhadas;

– Crostas no bordo das pálpebras;

– Hipersensibilidade às lentes de contacto, ao fumo, ao vento, ao cloro das piscinas e aos conservantes dos colírios;

– Hordéolos( terçol);

– Triquíase (desvio de pelos em torno de um orifício).

Alguns destes sintomas e sinais podem motivar uma drástica redução da qualidade de vida dos doentes.

Sendo a blefarite uma doença crónica, os períodos de agravamento (sintomas mais intensos) alternam com períodos sem sintomas (assintomáticos).

Tratamento da Blefarite

Na blefarite, existe o tratamento natural ou caseiro onde deve ser feita a higiene palpebral diária em longo prazo, mantendo a margem das pálpebras bem limpas utilizando compressas embebidas em água morna várias vezes ao dia durante três minutos com massagem bem suaves para fluidificar as secreções das glândulas.

Blefarite - Sintomas Como Tratar

Para quem usa lentes de contacto deve ter mais atenção aos cuidados de higiene e armazenamento das lentes, uma vez que há grande  possibilidade de contaminação.

O tratamento com colírios utilizando lágrimas artificiais para o tratamento do desconforto e irritação ocular, mas também se pode usar as gotas (colírios) ou pomadas para o tratamento local da infecção palpebral. Em situações mais graves pode ser necessário recorrer a antibióticos. Os doentes com blefarite  costumam ser hipersensíveis aos conservantes dos colírios, pelo que o uso destes pode ser contra indicado.

Blefarite - Sintomas Como

As pomadas para blefarite com antibióticos são, muitas vezes, usadas nas blefarites estafilocócicas, caso o bordo palpebral poder exibir focos de pús. Existem no mercado diversas pomadas oftálmicas para blefarite.

Blefarite - Sintomas Como pomada

Na blefarite os corticoides são utilizados para o tratamento das inflamações mais graves, havendo contudo o cuidado na sua utilização, pois podem acarretar efeitos secundários (catarata e glaucoma).

Justamente por se tratar de uma doença que pode ter seus sintomas agravado é indicado que procure um médico especialista imediatamente e evitar se auto medicar e assim evitar maiores problemas a sua saúde.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Cuide bem de seus olhos e se os sintomas não diminuirem procure um médico!! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • blefarite

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.