Diversos

Micro ou Mini Orquídeas – Como Cultivar

Micro ou Mini Orquídeas é sempre um grande desafio cultivar uma grande variedade delas em lugares pequenos, pois cada ambiente tem suas características e é importante saber quais as alternativas e usar a criatividade.

Como Cultivar Micro Orquídeas

Cultivar micro orquídeas tem se tornado um habito cada vez maior em vários países e também entre alguns cultivadores no Brasil.  E desta maneira a oferta comercial destas plantas, a partir de reproduções em laboratório, vem crescendo. Mas deve-se ter a maior atenção na hora de adquirir sua orquídea pedindo todas as informações ao vendedor.

A administradora de empresas Edi Merez é uma conhecida cultivadora de micro orquídeas e no inicio ela levou sete meses para criar o orquidário que ser tornou conhecido como espetacular. Com 90 orquídeas, muitas em flor, o espaço conta com um pequeno jardim, bancada para o manejo das plantas, fonte para passarinhos e até um banco ao ar livre. Mas o detalhe é que o orquidário inteiro tem 70 cm de largura e é inteirinho feito em massa de modelar.

Segundo Edi Merez cada vaso de orquídea levou oito horas para ser feito, ela comentou: “quanto mais passa o tempo, mais coisa invento para incluir”, recentemente adicionou uma fonte com passarinhos onde a água é feita de filme plástico e vidro líquido. Para o projeto ela busca peças prontas vendidas em lojas de miniaturas e sua escala é 1:12, consagrada em maquetes e outros projetos diminutos.

Para quem deseja cultivar as mini orquídeas, é importante saber que se trata de uma espécie delicada, e algumas até ameaçadas de extinção. Portanto se escolher ter uma em casa procure por uma loja especializada em sua venda, nunca retire da natureza. Existem muitas espécies de mini orquídea, ou micro-orquídeas, e não existe um padrão muito rigoroso para que uma orquídea seja considerada “mini”. Essas pequenas orquídeas com enorme beleza também são afetuosamente chamadas, entre os seus admiradores, por teacup orchids  que significa “orquídea da xícara de chá”, justamente por seu tamanho.

Compartilhamos abaixo alguns cuidados para mini orquídeas:

– regar o substrato com moderação para que não haja o apodrecimento das raízes (em torno de uma vez por semana a duas se estiver muito calor);

– evitar o vento direto na planta ou mudanças bruscas de temperatura;

ao regar não molhar as flores;

– deixar em ambientes amenos, com alta umidade e boa ventilação, sem incidência direta do sol e evitando-se ar condicionado;

– atentar para que o vaso da planta tenha espaço suficiente para acomodar suas raízes, já prevendo o seu crescimento;

– utilizar periodicamente adubos específicos para orquídeas;

– não preencher o vaso com terra e sim com substratos como fibra de coco.

Compartilhamos abaixo vídeo com dicas para cultivar mini orquídeas:

https://youtu.be/CFpF3jQ9Vro

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Maravilhosas e espetaculares as mini orquídeas! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • mini orquídeas
  • como plantar micro orquideas

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.