Turismo

Caverna do Poço Azul – Como Visitar

Caverna do Poço Azul o poço foi descoberto em 1920 por garimpeiros, uma dos primeiros habitantes da região. A atração somente se tornou turístico a partir de 1994. Rapidamente se transformou em uma das principais atrações turísticas da Chapada Diamantina na Bahia.

Como Visitar Caverna do Poço Azul

Uma caverna de águas cristalinas e azuladas, que às vezes deixa entrar o sol e cria um incrível feixe iluminado. Ele  se tornou o maior sitio submerso paleontológico do Brasil onde foram encontrados fósseis de mais de 40 espécies de animais pré-históricos. O Poço Azul é uma  mistura de fenômenos naturais e sua água é profundamente límpida e cristalina e pode-se ver tudo através dela de forma muito nítida. Mesmo que sua profundidade varie em áreas de 20 a 61 metros, o que está parado ao fundo também pode ser visto.

Em determinadas épocas do ano, é possível presenciar um evento natural espetacular no Poço Azul é um facho de luz que entra pela abertura superior da caverna e cria incríveis efeitos visuais.  Aos visitantes, é permitida flutuação no poço, mas apenas na parte da frente, com cordas que delimitam o espaço, e apenas por 20 minutos.

Os donos da propriedade particular onde se encontra o Poço Azul, cobram uma taxa de visitação e oferecem equipamentos de mergulho e flutuação. A água é tão cristalina que dá para ver o corpo inteiro de quem esta flutuando e isso cria fotos incríveis.

Os melhores meses para visitar o Poço Azul são entre os meses de fevereiro e outubro, porque nestes meses o espetáculo da luz poderá ser contemplado em toda sua perfeição. Nesses dias, os melhores horários para avistar o efeito são entre meio dia e às 14h00 da tarde. Dizem que o fenômeno dura de 20 a 40 minutos.

Para que a água continue sempre límpida é obrigatório tomar uma ducha antes de entrar na caverna do poço azul assim as impurezas do corpo não irão sujar a água. Os visitantes são orientados a não visitar o Poço Azul utilizando hidratantes, cremes para cabelo e outros produtos externos sobre a pele. O poço fica fora da área do Parque Nacional e é cobrado ingresso. Tanto o passeio como a flutuação são acompanhados por guias. Pode-se alugar colete salva-vidas, máscara e snorkel.

Endereço:  Acesso pela estrada para Itaetê, Km 47 – Andaraí

Tel:  (75) 3345-2156

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Um lindo passeio inesquecível em águas cristalinas em meio a natureza! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.