Diversos

Adotar Cão ou Gato – O que é Preciso e Dicas

Adotar cão ou Gato é mudar a vida desses animaizinhos. É muito importante ter certeza se realmente a intenção é ter um companheiro em sua casa. Entender que é um compromisso com a vida e que esses animaizinhos vão sim fazer parte da família.

Adotar

Adotar Cão ou Gato – O que é Preciso

O animal só pode ser adotado se estiver castrado: É previsa  na lei 12.327/97, e exigido pelas ONGs desde o ano de 2000 através da Campanha de Controle da Natalidade de Cães e Gatos no Município de São Paulo. Não apenas para controlar o aumento de animais abandonados mas também para que eles possam ter melhor qualidade de vida. A lei também faz com que o animalzinho veja com um microship implantado na pele e é uma tecnologia que armazena as informações de origem do animal e endereço de seus donos entre outras.

adotar-vira

Prevendo o comportamento e tamanha do animalzinho: O cão ou o gato antes de estar disponível para adoção é vacinado e castrado. Durante este tempo a entidade responsável já pode adquirir conhecimento sobre o bicho. Se houver algum traço indicando dificuldade do animal se relacionar o futuro dono é informado. Não é possível prever o tamanho que o animal vai ficar na fase adulta alguns especialistas fazem uma estimativa através do tamanho da pata do animal, mas não podemos dizer que é cem por cento de certeza. Na duvida se realmente é importante o tamanho do animal a ser adotado escolha um animal já adulto.

Animais maltratados são agressivos: A resposta é não.Adotar-cães O que pode acontecer é o animal ao receber um comando do novo dono associar com algum comando do dono dos tempos em que era maltratado e assim ficar nervoso para se defender. As ONGs praticam um bom trabalho de recuperação de bichos em que estão traumatizados e também os exercícios que capacitam os animais a onde se faz o adestramento e que ajudam nestes casos. É muito importante tomar como precaução nestes acontecimentos e procurar evitar a atitude e gesto que pode disparar a negatividade do animal.

Melhor escolher adulto ou filhote: Adotar cão ou gato filhotinho sempre da mais trabalho no começo, mas se houver incentivos sempre positivos e eles forem espertos vão aprender bem rápido. Já os animais adultos podem já ter alguns costumes adquiridos, mas sempre se ajeitam bem e mantém a mesma rapidez de aprendizado que um filhote. Os filhotinhos tem muita energia já os adultos são sempre mais calmos. Indiferente da idade é sempre o temperamento do animal que garantira o sucesso do adestramento. Basta manter o respeito com o tempo de resposta do animal e garantir que ele ganhe como presente uma recompensa.

Adotar-Gato

Animal saudável como saber: Descamação na pele, odor na boca e nas orelhas, olhos com secreção e pelo sem brilho são alertas dizendo que algo esta errado com o animal. Mesmo que ele não apresenta  nenhum destes sinais peça um laudo médico.Não esqueça de verificar a carteirinha de vacinação onde deve constar a vacina atirrábica, a vacina V8 se for um cãozinho e se for um gato a vacina antirrábica e a vacina V3.

Adaptação do animal e o novo dono:  Adotar cão ou gato ao fazer sua escolha saiba que tanto um quanto o outro são muito adaptáveis e sempre vivem o presente. Adotar-bigEsquecerão os antigos e donos e os lugares que tinham o costume de ficar se forem bem tratados serão calmos e felizes. Existem algumas ONGs que mantem alternativas para ajudar na adaptação é o Clube dos Vira-Latas que permite que o animal faça um teste de adaptação com o futuro dono e se houver algum problema depois da adoção auxilia por telefone ou e-mail. Segundo a Associação Humanitária de Proteção e Bem-Estar Animal, a ARCA Brasil  aquele que estiver querendo adotar um animal mas ainda não tem plena certeza pode se tornar um “dono Transitório” até que o bichinho encontre um lar definitivamente então o voluntário fica com ele apenas por um tempo. Para isso só é preciso tempo, espaço e recurso para cuidar da alimentação e saúde do seu novo hóspede.

Adotar Cão ou Gato – Dicas

Você realmente pretende adotar um animalzinho e já tomou sua decisão. Para isso então é bom saber que cada centro de adoção tem suas regras definidas.Adotar-Cão-Gato O interessado na adoção deve ser maior de idade e apresentar seu CPF, RG e um comprovante de residência. Tem de passar por uma entrevista onde deverá comprovar que realmente tem condições de adotar um animalzinho. E finalmente para levar o animal escolhido para casa terá de assinar um termo de responsabilidade onde fara a declaração de que ira assumir os cuidados do animal adotado. O Centro de Zoonoses e a ONG Natureza em forma costuma cobrar taxas de adoção.

 

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.