Saúde

Violeta Genciana – Tratamentos, Como Usar e Contra Indicações

Violeta Genciana é um dos medicamentos mais antigos e conhecidos que existem.  Basicamente a violeta genciana é a substância ativa de medicamento antifúngico para o tratamento da candidíase. No entanto, ela passou a ter destaque maior nos últimos tempos no ramo da cosmética, principalmente no que diz respeito à beleza estética.

Violeta Genciana

Tratamentos Com Violeta Genciana

A violeta genciana é a substância ativa de um medicamento antifúngico muito usado no tratamento da candidíase. A absorção da violeta é rápida e, pois isso, a melhora de sintomas como coceira, vermelhidão e ardor pode ser observada pouco tempo depois do início do tratamento. O medicamento também tem sido utilizada para matizar os cabelos. Mas, como esse produto leva álcool em sua composição, o uso prolongado nos cabelos pode deixá-los ressecados, além de poder manchar roupas e pele. Normalmente, a violeta genciana é utilizada em uma solução diluída (aprox. 1%) em água ou em gotas misturada a algum outro composto.

Compartilhamos abaixo tratamentos feitos com Violeta Genciana:

Tratamento de queimaduras, assaduras e lesões de pele, melhorando os sintomas de coceira, vermelhidão e ardor;

-Tratamento preventivo de micoses, estomatite, aftas e inflamações nas gengivas;

-Tratamento da candidíase, alívio de cólicas menstruais e infecções nos mamilos causadas pela amamentação;

-Tratamento de doenças como gota, reumatismo e artrite;

-Tratamento da diurese, como diurético;

-Tratamento de cólicas intestinais;

-Ajuda a regular a pressão arterial;

-Usada para reverter complicações no sistema nervoso central;

-Tratamento para aumentar a baixa imunidade;

-Tratamento de hipotireoidismo como estimulante da glândula da tireoide;

-Tratamento da anemia, estimulando o apetite;

-Demarcar a pele na cirurgia plástica, dermatologia e medicina estética, assim como para a aplicação de piercings.

Como Usar e Contra Indicações da Violeta Genciana

A violeta de genciana tem uso tópico e deve ser aplicado sobre a área lesionada 2 a 3 vezes por dia durante no máximo 3 dias, para evitar irritação da pele e manchas permanentes. Seu uso prolongado pode levar à ocorrência de alguns efeitos colaterais como coceira intensa, irritação da pele, presença de úlcera e manchas permanentes na pele. Seu uso também é contra-indicado para mulheres em fase de lactação ou que possuem gravidez de risco, pessoas com lesões ulcerativas e pessoas com hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula.

Compartilhamos abaixo outros usos da violeta genciana:

-Usada para carimbar cortes de carne em matadouros;

-Usada como depurador de sangue para purificação;

-Usada para matizar os fios dos cabelos;

-Usada no clareamento de dentes.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria?Um medicamento muito antigo que é usado até os dias de hoje! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.