Saúde

Tratar Impotência – Nova Técnica de Choque na Região Peniana

Tratar Impotência com nova técnica que tem apresentado eficiencia em aproximadamente sessenta por cento dos pacientes. Segundo estudos realizados pela Universidade de Haifa em Israel o tratamento com leves choques podem reverter o problema de impotência.

Tratar Impotência

Nova Técnica de Choque na Região Peniana Para Tratar a Impotência

O pesquisador Yoram Vardi explica que: “Este é um estudo preliminar, mas com as ondas de choque, podemos ter resultados biológicos para o problema. Depois de tratar da imptência, estes pacientes podem ter uma vida sexual normal, sem necessidade de medicamentos”. Para realizar esta pesquisa foram escolhidos homens com problemas ligados ao fluxo de sangue e não aqueles que tinham problemas nos nervos, músculos ou outros tipos de problemas que possam causar a disfunção erétil.

Tratar Impotência aparelho

Este novo método de tratar da impotência chegou ao Brasil e já é um sucesso entre os pacientes que já o utilizaram. Ele é um tratamento indolor que estimula o corpo do pênis e também o períneo promovendo o rejuvenescimento vascular da região. Embora seja indolor os pacientes relatam que é possível sentir que algo esta acontecendo na região são cinco mil ondas de choque de baixa intensidade na área em questão.

Tratar Impotência choque

Durante o tratamento o braço do aparelho fica posicionado em quatro pontos estratégicos da anatomia masculina para que possam receber as ondas de choques profundas. Não existem relatos de que o novo tratamento tenha efeitos colaterais. Com ajuda da terapia aprimorou-se significativamente a função sexual dos pacientes, que continuaram a ver melhorias mesmo dois meses após o tratamento acabar. Quase trinta por cento deles alcançaram função sexual normal e já não precisam mais de medicamentos. Afirmam especialistas.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Disfunção erétial agora tem jeito procure ajuda médica especializada!! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.