Diversos

Tipos de Palmito – Como Escolher

Tipos de Palmito eles são todos saborosos e muito apreciado na culinária. Mas, é preciso aprender a escolher o palmito mais macio para suas refeições, lanches ou até mesmo como aperitivo. Muitos gostam do palmito, mas na hora de escolher se atrapalha e acaba levando para casa uns tipos que parecem bonitos e na hora de comer são muito duros.

Tipos de Palmito e Como Escolher

O palmito é uma iguaria muito apreciada, seja para acompanhar a cerveja, ou para ser usado em tortas, empadas, pastéis, saladas. O palmito é um vegetal cheio de nutrientes e entre suas propriedades encontra-se o ferro e ainda é rico em fibras.

Compartilhamos abaixo tipos de Palmito:

Palmito Pupunha: É o tipo mais caro de palmito, mas tem o sabor mais suave. Costuma ser maior, mais macio e tem baixo teor calórico. É mais ecológico, já que pode ser produzido em áreas agrícolas tradicionais, sem danos às matas nativas, o que é um grande apelo para a exportação do mesmo.

Palmito Açaí e Jussara: São bem mais comuns do que a Pupunha. Mais finos, eles tem o sabor mais forte, e são mais fibrosos. São os mais vendidos no Brasil por serem mais baratos. Embora sejam um pouco menos fibrosos que o de açaí, o palmito tipo Jussara é natural da Mata Atlântica e muito importante para o seu ecossistema. Muitos bichos se alimentam de seus frutos. Este tipo de palmito sofre perigo de extinção e é obtido basicamente pelo extrativismo predatório de áreas sobre proteção ambiental. Por tudo isto é importante evitar comprar este tipo de palmito.

Como Escolher o Palmito

Vale a pena às vezes pagar um pouco a mais e consumir um produto de qualidade. Sabendo escolher o palmito pode ser macio, saboroso, saudável e ecológico. Se vai escolher o palmito, ao invés de gastar um dinheirão pra comer palmito duro e cheio de bactéria, gaste um pouquinho a mais e assim poderá valorizar um pouco mais sua saúde, seu paladar e nosso planeta.

Compartilhamos abaixo como escolher o palmito:

Tenha preferência pelos potes de vidro, porque assim pode olhar o fundo da embalagem. Certifique-se de que os pedaços tem tamanho regular, e se apresentam camadas uniformes e de mesma textura eles devem parecer  macio e não duro). Se a maioria das s camadas estiverem aparentes e com uma textura heterogênea, significa que muito provavelmente o palmito está duro.

Preocupe-se verdadeiramente com sua procedência. Por ainda existir a  extração ilegal, alguns palmitos são cortados sem higiene, em condições péssimas. E desta maneira se corre o risco de contrair a bactéria Clostridium botulinum, ela causa o botulismo e pode até matar.

-Não compre se a tampa estiver amassada ou estufada, pois o palmito pode estar estragado;
-Não compre se a água estiver colorida, branca ou turva, isso significa que ali podem conter substâncias nocivas à saúde;
-Não se influencie pelos outros: o palmito que flutua não está macio e sim com falta de oxigenação (e acaba ficando duro);
-Não compre palmito muito fino, pois significa que provavelmente foi extraído ilegalmente ou de maneira aleatória;
-Evite consumir palmito nativo, procure saber a procedência do produto, pois um vidro na estante do mercado, pode representar uma palmeira que demorou de 8 a 20 anos para se desenvolver.
-Compre somente produtos que apresentam na embalagem a origem, registro no MS e IBAMA, que seja ecológico e de plantação planejada.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Alguns produtos precisam ser comprados com atenção para preservar o ambiente e nossa saúde este é o caso do palmito! Deixe seu comentário.

 

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • tipos de palmito

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.