Prestação de serviços

Surto de Microcefalia e Gestantes – Quais as Recomendações

Surto de Microcefalia  em recém-nascidos no Nordeste tem preocupado as famílias e autoridades brasileiras. Já foram notificados trezentos e noventa e nove casos da doença no país e só no Estado de Pernambuco foram duzentos e sessenta e oito casos. Alguns especialistas tem sugerido que as famílias adiem os planos de  gestação no período do verão ou evitem entrar em contato com pessoas que estejam doentes e com os sintomas do Zika Virus.

Surto de Microcefalia

Surto de Microcefalia Quais as Recomendações Para Gestantes

Por causa do surto de microcefalia foi decretada no Brasil emergência sanitária e a decisão foi tomada pelo ministro da saúde Marcelo Castro justamente por causa do alto número de diagnósticos de anomalia no Nordeste do país. Existe uma especulação de que o aumento de casos de microcefalia esta ligado ao ZIKA VÍRUS transmitido pelo aedes aegypti o mosquito transmissor da dengue.

Surto de Microcefalia Zika

Foi confirmada a identificação do ZIKA em líquido amniótico colhido de duas gestantes da Paraíba que tiveram a constatação, por ultrassom, de que a criança tem microcefalia. Os exames foram realizados pela Fundação Oswaldo Cruz, por três técnicas diferentes. E todas elas confirmaram a existência do zika, o que garante a confiança do diagnóstico.

Surto de Microcefalia Ministério
Em entrevista dada ao jornal O Estado de São Paulo o diretor do departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde Claudio Maierovitch orientou as mulheres que não engravidem agora. Segundo ele “Esse é o conselho mais sóbrio que pode ser dado.” De acordo com Maierovitch, essa descoberta torna "altamente provável" que a causa para o surto de microcefalia seja o vírus ZIKA. O Ministério da Saúde também publicou em seu site oficial orientações gerais sobre o surto.

Abaixo compartilhamos as recomendações para as mulheres gestantes:

–  Ter a gestação acompanhada em consultas pré-natal, realizando todos os exames recomendados pelo seu médico;

–  Não consumir bebidas alcoólicas ou qualquer tipo de drogas;

–  Não utilizar medicamentos sem a orientação médica;

–  Evitar contato com pessoas com febre, com erupções cutâneas ou infecções;

–  Adotar medidas que possam reduzir a presença de mosquitos transmissores de doenças, com a eliminação de criadouros (retirar recipientes que tenham água parada e cobrir adequadamente locais de armazenamento de água);

–  Proteger-se de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes indicados para gestantes;

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Cuide-se e se proteja do mosquito do Zika Vírus! Use repelente! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.