Saúde

Síndrome Ovário Policístico – O Que É, Sintomas e Como Cuidar

Síndrome do Ovário Policístico um distúrbio hormonal muito comum entre as mulheres que se encontram na idade reprodutiva. O elevado nível de hormônios masculinos que em alguns casos apresentam características masculinas como o excesso de pelos e pouca menstruação podem ser um indicio de Sindrome de Ovário Policístico.

Síndrome  Ovário Policístico - O Que É, Sintomas e Como Cuidar

O Que É Síndrome e Sintomas do Ovário Policístico

Ela é conhecida como síndrome de Stein-Leventhal a doença causa o aumento de tamanho dos ovários, que criam várias bolsas cheias de líquido, os cistos. Ainda não se sabe o que realmente causa os ovários policísticos. O diagnóstico e o tratamento precoces podem diminuir o risco de complicações que com o tempo podem surgir como diabetes do tipo 2 e as doenças cardíacas.

             Síndrome Ovário Policístico - O Que É, Sintomas

Os sintomas iniciais da síndrome dos ovários policísticos normalmente acontecem logo após a primeira menstruação. Às vezes a doença se desenvolve mais tarde e, durante os anos em que a mulher é reprodutiva possivelmente em resposta a algum disparo hormonal que pode ser o aumento do peso. Os sintomas podem variar de mulher para mulher e também a gravidade do problema.

Abaixo compartilhamos alguns sintomas da Síndrome do Ovário Policístico:

Menstruação anormal, que pode ter os intervalos menstruais de 35 dias com menos de oito ciclos menstruais ao ano, amenorreia por até quatro meses ou mais e períodos de menstruação intensa e continuada;

Níveis elevados de hormônios masculinos os chamados andrógenos,  podem causar características físicas como excesso de pelos faciais e no corpo, acne adulta ou adolescente severa, calvície do tipo masculino;

 E os pequenos cistos nos ovários que podem ser encontrados na ultrassonografia.

Como Cuidar da Síndrome do Ovário Policístico

É necessário fazer uma consulta médica caso tenha irregularidades menstruais do tipo períodos frequentes, períodos prolongados ou ausência de períodos menstruais principalmente se tiver excesso de pelos no rosto e corpo ou acne.

Síndrome Ovário Policístico - O Que É,

O diagnóstico precoce e o tratamento da síndrome do ovário policístico auxilia a diminuir o risco de complicações. Os médicos que podem diagnosticar a síndrome dos ovários policísticos são o Ginecologista, Obstetra e o Endocrinologista. Não se conhece a cura para a síndrome dos ovários policísticos, mas, existem tratamentos eficazes que podem controlar bem os sintomas da doença.  O tratamento para síndrome dos ovários policísticos quase sempre se concentra no controle dos sintomas e complicações, tais como infertilidade, acne ou obesidade.

Abaixo compartilhamos alguns medicamentos usados no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico:

Regular seu ciclo menstrual, como pílulas anticoncepcionais;

Reduzir os níveis de insulina e prevenir diabetes tipo 2, como a metformina;

Ajudar na ovulação, como os indutores de ovulação como por exemplo o citrato de clomifeno;

Reduzir o crescimento excessivo de pelos, com o uso de inibidores de hormônios andrógenos.

Caso os medicamentos não auxiliar a ficar grávida, uma cirurgia ambulatorial que é chamada de perfuração ovariana laparoscópica pode ser uma opção no caso de algumas mulheres com SOP. Síndrome do Ovário PolicísticoSomente o médico pode indicar a necessidade deste tipo de cirurgia. Durante a cirurgia feita por um cirurgião é feita uma pequena incisão no abdômen onde se insere um tubo ligado a uma pequena câmara  o laparoscópio. A câmera mostra ao cirurgião imagens detalhadas dos ovários e órgãos pélvicos vizinhos. Em seguida o cirurgião introduz instrumentos cirúrgicos pelas incisões pequenas e com o uso de energia elétrica ou a laser queima buracos em folículos sobre a superfície dos ovários. O objetivo é o de estimular a ovulação. Quem tem a SOP deve manter o seu peso sob controle. A obesidade piora a resistência à insulina, mudar sua dieta, para controlar os níveis de insulina no sangue e fazer muita atividade física.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Caso suspeite de ter SOP procure seu médico nunca tome medicamento por conta própria! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.