Saúde

Síndrome Metabólica – Causas

Síndrome Metabólica é uma doença da civilização moderna, associada à obesidade, como resultado da alimentação inadequada e do sedentarismo. Na verdade a síndrome metabólica é um conjunto de doenças. Ela pode acarretar na desregulação da fisiologia de todo nosso organismo, por exemplo; na liberação de hormônios, no funcionamento da circulação sanguínea, na absorção da glicose pelas células, na pressão arterial, na função renal, na concentração e alteração do sistema imunológico.

Causas da Síndrome Metabólica

O termo Síndrome Metabólica descreve um conjunto de fatores de risco metabólico que se manifestam numa pessoa. Elas aumentam as chances de desenvolver doenças cardíacas, derrames e diabetes. … O diagnóstico é dado quando três ou mais fatores de risco estiverem presentes numa mesma pessoa.   Associadas elas vão levar ao aumento do risco de problemas cardiovasculares. Estas doenças são a obesidade – principalmente àquela caracterizada com aumento de cintura abdominal, pressão alta, alterações de colesterol, triglicérides e glicemia.

Não fazer caminhadas e ficar boa parte  do dia em frente a tela do computador ou da TV prejudicam a saúde. Esse tempo que passamos sentados, parados, está associado a um risco maior de doenças do coração, diabetes, câncer, imunodepressão e até depressão.

Compartilhamos abaixo fatores de risco para Síndrome Metabólica:

-Intolerância à glicose, caracterizada por glicemia em jejum na faixa de 100 a 125, ou por glicemia entre 140 e 200 após administração de glicose;

-Hipertensão arterial;

-Níveis altos de colesterol ruim (LDL) e baixos do colesterol bom (HDL);

-Aumento dos níveis de triglicérides;

-Obesidade, especialmente obesidade central ou periférica que deixa o corpo com o formato de maçã e está associada à presença de gordura visceral;

-Ácido úrico elevado;

-Microalbuminúria, isto é, eliminação de proteína pela urina;

-Fatores pró-trombóticos que favorecem a coagulação do sangue;

-Processos inflamatórios (a inflamação da camada interna dos vasos sanguíneos favorece a instalação de doenças cardiovasculares);

-Resistência à insulina por causas genéticas.

Nesses casos uma hora de exercício diário é importante.Ele compensa o resto do tempo em que o corpo fica inerte. Alguns minutos a mais de caminhada para ir para ao ponto de ônibus ou escolher descer dele um pouco antes ou depois, subir as escadas normais na estação de metrô ao invés de escadas rolantes. São atitudes simples que podem ajudar a manter em dia sua saúde.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? É necessário cuidados com a saúde e o sedentarismo! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.