Saúde

Sexonambulismo – Distúrbio do Sono

Sexonambulismo muito pouco conhecido, mas que se trata de um problema muito grave e que gera grande polêmica. É um tipo de desordem do sono que atinge 7% da população mundial. E quem tem o sexonambulisto acaba por fazer sexo enquanto dormem.  Já conhecemos pessoas que são sonâmbulas. Elas se levantam mesmo dormindo e andam pela casa, conversam, podem até realizar tarefas complexas como cozinhar e sair de casa.

Distúrbio do Sono o Sexonambulismo

O sexonambulismo também é conhecido como sexsomania. Carlos Schenck, especialista no assunto e professor da Universidade de Minnesota, Estados Unidos explica: “Basicamente, todas as formas de comportamento sexual praticada quando estamos acordados se apresentam no sexonambulismo”, diz. O distúrbio, mais comum entre homens, não tem cura, mas pode ser controlado com medicamentos.

Da mesma  que no sonambulismo o doente tem comportamentos como se estivesse acordado. E da mesma maneira que anda dormindo pela casa neste caso ele realiza atos sexuais caso esteja acompanhado ou masturbação. Um dos problemas é que quem tem o problema não se lembra de nada no dia seguinte, e só poderá descobrir que realmente passa por essa situação caso a pessoa que lhe acompanha note e avise.

Um fato grave é quando quem sofre desse problema tenta realizar atos sexuais com quem não conhece ou com parentes próximos. Por estar dormindo a pessoa tentará realizar o ato sexual, e por estar dormindo pode ter reações agressivas. Alguns fatores podem contribuir para que o sexonambulismo aconteça entre eles o uso de álcool, estresse, fadiga e apneia obstrutiva. Este é um distúrbio que não tem cura. Somente pode ser controlado com remédios que podem diminuir os sintomas em pouco tempo, e para isso é indispensável procurar um médico e um psicoterápico.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? É um problema raro, mas ele pode causar muitos problemas! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.