Prestação de serviços

Pré Sal no Brasil – Bacias e Dificuldades de Extração – Significados

pré-sal-O petróleo é muito mais antigo do que se imagina ainda hoje se tem a ideia errada de que ele surgiu com a revolução industrial, mas, a história já relata o uso do petróleo pelos egípcios para embalsamar os seus mortos, e os povos pré-colombiano já faziam pavimentação com o mesmo produto.

Reservas petrolíferas, ou seja, camada de petróleo que sejam localizadas no sub-solo marinho sobre uma profunda camada de rocha são chamadas de Pré-Sal. É no Brasil onde foram descobertas as reservas de pré-sal mais profundas e foi também considerado o maior campo petrolífero que já se encontrou em uma profundeza tão grande abaixo de rochas salinas.

Muitos pensam que o termo pré de pré-sal significa a profundidade marítima mas na verdade esta se referindo a tempo geológico.  Se levarmos em consideração a perfuração de um poço começando pela superfície o certo seria dizer subsal, já que o petróleo se encontra abaixo de uma camada de rocha salina.

Para entendermos a nomenclatura pré-sal basta saber que o petróleo ali estava antes mesmo que se formassem as rochas salinas.pre-sal-mapas

Na região brasileira foram encontradas Três bacias sedimentares são elas: Campos, Espirito Santo e em Santos. Foi estimada uma reserva com uma capacidade que pode dar ao Brasil a condição de país exportador de petróleo e se realmente isto acontecer futuramente podemos solicitar nossa entrada na Organização dos Países Exportadores de Petróleo – OPEP

Já foram encontrados vários poços de petróleo e gás natural na camada pré-sal brasileira o Tupi, Guará, Carioca, Júpiter Iara e Bem-te-vi. O poço de nome Tupi é o maior com uma reserva aproximada entre 5 bilhões e 58 bilhões segundo a Petrobras e é a maior descoberta do mundo nos últimos sete anos.

São várias as dificuldades encontradas para a retirada do petróleo entre elas destaca-se:

pre-sal-significado

Sua profundidade – O petróleo se encontra em profundidades de mais de 7 mil  metros sob dois quilômetros de água, mais dois de rocha e finalmente dois quilômetros de crosta de sal.

O próprio sal – Sendo o maior dificuldade o sal sujeitou o Brasil a desenvolver novas tecnologias porque o sal em profundidades de três ou quatro mil metros se torna instável e viscoso embora a Petrobrás possua bacias de até cinco mil metros de profundidade elas estão nas rochas sem a dificuldade do sal.

Custo – Foi necessário desenvolver novas tecnologias e um significativo aumento de mão de obra para superar a profundidade e complexidade da operação o que gerou um grande gasto por parte do governo.

Aquecimento do petróleo – Enquanto o petróleo esta dentro das rochas ele fica fervendo e para que ao esfriar durante a retirada não forme coágulos que podem entupir os dutos o petróleo tem de permanecer aquecido.

Sabe-se que o petróleo encontrado nas camadas de pré-sal são mais leves e de baixa densidade e que a camada de pré-sal mantem a qualidade do petróleo tornando-o muito mais fácil de refinar. Como possui menos enxofre é capaz de poluir bem menos e ainda produzir derivados finos sendo muito mais valorizado no comércio mundial.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você.

Gostou da matéria?

Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • quais sao as dificuldades para extração do pré-sal

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.