Saúde

Pedras Nos Rins – Como Tratar Em Casa

Pedras Nos Rins causa muitas dores e são causadas por mal funcionamento dos rins. Quem já teve o problema tema mais chance de voltar a tê-las. As dores são bem incomodas e levam em alguns casos até mesmo a desmaio por causa de sua intensidade. O calculo renal tem o nome de nefro litíase e deve ser tratado rapidamente. É provável que até 12% dos homens desenvolvam a doença, enquanto até 5% das mulheres tem essa propensão, segundo estudos. Existem formas naturais e saudáveis de combater pedras nos rins em casa. É importante estar sempre pronto a combater e prevenir este tipo de problema com algumas atitudes.

Como Tratar Em Casa Pedras Nos Rins

É possível tratar em casa o que ira ajudar e nos períodos de dor ou nos momentos mais desagradáveis. As pedras nos rins são do acúmulos de resíduos sólidos. Eles ficam presos aos rins, e se transformam em cristais que serão eliminados posteriormente na urina. As pedras pequenas são expelidas na urina e causam muita dor. Por outro lado, pedras maiores são capazes de bloquear partes do sistema excretor de urina, o que pode causar  maiores problemas.

Compartilhamos abaixo os principais sintomas desse tipo de situação:

-sangramentos;

-vômito;

-diarreia;

-dores intensas.

Compartilhamos abaixo dicas para tratar pedra nos rins em casa:

Mantenha-se sempre hidratado tomando bastante líquido. Esta é uma maneira excelente de prevenir as pedras nos rins. Diversos fluidos são capazes de diluir os compostos que podem vir a se formar na região renal, além de impedir que eles se cristalizem. A água sempre é a melhor opção. Ela está, segundo estudos, conectada a uma chance reduzida de desenvolvimento de pedras nos rins. Também podem ser usados o vinho, sucos de laranja, cerveja, chá e café.  É importante saber que o refrigerante está associado a mais chances de se desenvolver cálculos renais, especialmente os que possuem adição industrial e artificial de açúcar.

Procure ingerir mais alimentos com acido cítrico. Ele esta presente abundantemente em diversas frutas e vegetais. Entre eles as Laranjas e limões estes possuem altas taxas de ácido cítrico. Ele se mostrou capaz de diminuir os riscos de pedras nos rins e a taxa de oxalato no organismo. E isso tanto através de sua ligação com o oxalato de cálcio impedindo a formação das pedras  ou de sua ligação com o cálcio na urina. Aumente o consumo de frutas cítricas no cardápio, como laranjas, carambolas e abacaxis

Evite alimentos ricos em oxalatos porque quando consumido em excesso ele passa a ser expelido na urina. Isso aumenta a tendência de solidificação, que pode culminar nas pedras nos rins. Sua capacidade de ligação com outros minerais pode formar estas pedras nos rins. Ele está presente em frutas, vegetais e folhas verdes. O organismo humano também o produz. O consumo destes alimentos não devem ser eliminados mas devem ser consumidos com equilíbrio.

O  ácido ascórbico em excesso está ligado a maior chance de ter pedras nos rins. Isso acontece porque a vitamina C é capaz de tornar maior a expulsão do oxalato na urina. Isso acontece também pela habilidade do ácido ascórbico se transformar em oxalato, quando ingerido.

Diminua a quantidade de sal porque ele em excesso causa maior risco de desenvolver pedras nos rins. Isso porque ele estimula a urina a excretar mais cálcio presente. Isso possibilita que ele se solidifique e machuque o corpo ao ser expelido. Mesmo não havendo prova concretas dessa informação, a limitação da quantidade de sódio ingerida diariamente deve ser levada a sério.

Aumente o consumo de magnésio. Dificilmente se atinge o limite recomendado de ingestão diárias. Isso porque o seu consumo é geralmente negligenciado, o que reduz ações conectadas ao metabolismo humano. O magnésio está incluso dentre os alimentos recomendados para combater pedras nos rins em casa. Os alimentos ricos em magnésio são, por exemplo, o tofu, abacate e a maioria dos legumes.

Coma menos proteína animal, pois as pedras nos rins tem sido ligada ao alto consumo de carne. uma vez que diminui os níveis de citrato e aumenta a expulsão do cálcio do organismo. Esse tipo de macro nutriente também é rico em purina, que aumentam o risco de formação de pedras de ácido úrico. A carne de rim ou de fígado, geralmente contém as maiores taxas de purina.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Diminua a chance de pedras nos rins com certos cuidados de alimentação! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • como é que pedra nos rins e expelida na mulher

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.