Saúde

Menopausa e Dores nas Articulações – Como Lidar

Menopausa e Dores nas articulações um dos sintomas que mais incomodam as mulheres nesta fase da vida. Com a diminuição da produção dos hormonais femininas conhecidamente o estrogênio e a progesterona acontecem vários sintomas como o calor, irritabilidade, ansiedade, e aumento de peso. Entretanto as dores nas articulações são preocupantes, pois podem comprometer muito a qualidade de vida da mulher.

Menopausa e Dores nas Articulações – Como Lidar

Como Lidar Com as Dores Nas Articulações na Menopausa

As dores nas articulações são chamadas de artralgia, é descrita como um incomodo e um inchaço que aparecem na articulação e que podem ser sentidos a partir dos 45 anos de idade e até à entrada na menopausa. As articulações possuem receptores da hormonal estrogênio, que agem como um anti-inflamatório natural, na menopausa ela deixa de ser produzida este é o motivo das dores generalizadas nas articulações. Os sintomas podem aparecer alguns anos antes da entrada na menopausa porque por volta dos 45 anos de idade a mulher pode começar a sofrer de flutuações acentuadas dos hormonais. As dores sentidas nas articulações normalmente são generalizadas, trazendo ainda sintomas acrescidos como o calor, rigidez e inchaço na zona afetada. É comum ao se levantar a  mulher sentir dificuldade de movimentos por causa da rigidez das articulações.

Menopausa e Dores nas Articulações  Como Lidar

É muito importante que a partir dos 45 anos, as mulheres tenham acompanhamento médico para ajudar a prevenir os sintomas e complicações que acontecem na menopausa. Ao entrar nesta nova fase da vida, o ideal é que a mulher fique atenta às dores nas articulações e que marque uma consulta com um médico se as dores persistam por mais de três dias seguidos, se houver febre ou ainda se a dor nas articulações for acompanhada de perda repentina de peso.

Abaixo compartilhamos algumas formas de tratamento:

– Suplementos próprios para as cartilagens, como é o caso de suplementos à base de cartilagem de tubarão, glucosamina e condoitrina;

– Suplementos à base de óleos gordos como, por exemplo, o ómega 3, que é benéfico à saúde das articulações;

– Pomadas anti-inflamatórias, que podem ajudar a diminuir a dor;

– Suplementos alimentares com estrogênios de origem vegetal, indicados para as mulheres na menopausa, que aliviam muitos dos sintomas causados pela menopausa;

– Terapia de substituição hormonal.

Todas as mulheres entrarão na fase da menopausa, mas é possível amenizar as dores desta etapa cuidando-se desde cedo. Com hábitos saudáveis, pratica de exercício físico regularmente e manter o índice de massa corporal em um nível saudável.

Menopausa e Dores nas Articulações .Como Lidar

Abaixo compartilhamos algumas dicas para quem esta na menopausa e que evitar a dores nas articulações:

– Evite hidratos de carbono refinados e muito processados, que estão ligados à inflamação e podem desencadear ou aumentar a dor nas articulações;

– Evite o desgaste das articulações mantenha posturas corporais adequadas;

– Faça alongamentos todos os dias, durante no mínimo cinco minutos;

– Faça caminhada diáriamente;

– Procure fazer a fisioterapia e/ou as massagens, se as dores forem já muito incomodas;

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Dores nas articulaçõs são sérias limitando a qualidade de vida da mulher principalmente na menopausa! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • menopausa e dores no corpo

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.