Saúde e Beleza

Hormônio Feminino Estrogênio – Como Atua e Falta

Hormônio Feminino Estrogênio é produzido a partir da adolescência. É durante este período que aparecem os primeiros sinais sexuais secundários na mulher. Sua produção acontece até a menopausa e ele atua sobre as células, anatomia e também sobre o comportamento.

Como Atua o Hormônio Feminino Estrogênio

O hormônio estrogênio é produzido pelo folículo ovariano em maturação. Esse hormônio é fabricado pelos ovários e liberado na primeira fase do ciclo menstrual. Ele é responsável pela textura da pele feminina e também esta ligado ao equilíbrio entre as gorduras no sangue.

Compartilhamos abaixo funções do Estrogênio:

O estrogênio induz as células de muitos locais do organismo a se proliferarem. A musculatura lisa do útero, por exemplo, pode aumentar a ponto de o órgão triplicar de tamanho.

O estrogênio também provoca o aumento da vagina e o desenvolvimento dos lábios que a circundam e faz o púbis se cobrir de pelos.

O estrogênio ajuda os quadris a se alargarem e o estreito pélvico a assumir a forma ovoide ao invés de afunilada como no homem.

Ele também provoca o desenvolvimento das mamas e a proliferação de seus elementos glandulares, além de levar o tecido adiposo a concentrar-se em áreas como quadris e coxas, dando-lhes a sua forma arredondada típica.

Em geral, pode-se dizer que as características que distinguem a mulher do homem são devidas ao estrogênio.

Falta de Hormônio Feminino Estrogênio

O estrogênio  é considerado um dos hormônios mais importantes do corpo feminino. Quando a mulher se encontra um período de baixa deste hormônio, muitos sintomas indesejáveis podem aparecer. Não significa que todas as mulheres terão esses incômodos, mas é importante saber e assim encontrar uma alternativa para tratar os problemas.

Compartilhamos abaixo problemas de falta de Estrogênio:

Aumento do peso:  O corpo passa a entender que é preciso fabricar mais células de gordura para manter os níveis hormonais em equilíbrio. Isso acaba refletindo nos números apontados na balança. O ganho de peso, entretanto, não é uma regra.

Alterações no humor: O desequilíbrio hormonal também afeta o humor e o comportamento das mulheres. Assim como a TPM quando acontece uma queda nessa produção acaba modificando também os níveis de neurotransmissores importantes como a dopamina, a serotonina e a noradrenalina.

Dor e secura vaginal: Com a diminuição na produção do estrogênio, a mucosa que reveste a vagina fica mais fina, menos elástica e mais ressecada esse é um dos motivos pelos quais o apetite sexual da mulher também é reduzido quando há menos desse hormônio.

Infecções no sistema urinário: Alguns problemas comuns do trato urinário que costumam aparecer com maior frequência quando a mulher apresenta deficiência de estrogênio.  São as cistites, urgência urinária, e incontinência urinária.

Queda e ressecamento dos fios: O estrogênio é muito importante para o cabelo ajuda a manter sua força e vivacidade, mantendo-o os fios mais saudáveis.

Ondas de calor: Os famosos fogachos, muito comuns em mulheres que entraram na menopausa, podem ser um problema ainda maior se você mora em lugares muito quentes ou secos. Cerca de 75% das mulheres apresentam esse sintoma e ao menos 80% delas permanecerão com ele por um período que dura mais de 1 ano.

Insônia: insônia é uma consequência das ondas de calor. É comum, durante a menopausa, que a mulher apresente sudorese noturna justamente por conta dos fogachos. Manter um bom sono nesses casos é bem mais difícil, mas nada que um banho frio não ajude a amenizar.

Doenças cardiovasculares: Com os problemas causados na distribuição de gordura corporal, ela também mexe com os níveis de triglicerídeos. Essas taxas acabam subindo, o que aumenta as chances de um ataque cardíaco (infarto) ou mesmo de um AVC-acidente vascular cerebral.

Cansaço: Um pequeno esforço pode deixar a mulher que apresenta baixos níveis de estrogênio extremamente cansados. Ainda que ela tenha acabado de ter um sono relaxante, o cansaço pode aparecer se uma atividade um pouco mais movimentada tiver de ser realizada.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Por causa de todos estes problemas é importante os cuidados durante a menopausa! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • adolescência como se atua o hormônios

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.