Saúde

Hiperfosfatemia – Causas e Sintomas

Hiperfosfatemia é a situação em que são registrados níveis de fósforo no sangue mais elevados do que o normal. De fato, não é qualquer fósforo levado em consideração para a medição, mas especificamente o fósforo inorgânico. O aumento dos valores de fósforo no sangue é uma situação pouco frequente; costuma aparecer associada a outras doenças.  A fonte de fósforo para o ser humano é a alimentação, e sua concentração sérica é regulada pela excreção renal. Pequenas elevações séricas de fosfato levam a uma diminuição na reabsorção tubular proximal de fosfato no rim.

Hiperfosfatemia - Causas e Sintomas

Causas da Hiperfosfatemia

A hiperfosfatemia se torna mais frequente com o passar dos anos, pois sua principal causa é a insuficiência renal. Esta situação em que os rins se tornam incapazes de concentrar a urina é muito mais prevalente entre os idosos. No entanto, além da insuficiência renal, existem outras causas dessa afecção. De todo o fósforo que possuímos no organismo, mais de dois terços se encontram nos ossos. O restante se localiza nas células dos tecidos para gerar energia de funcionamento

Hiperfosfatemia - Causas e Sintomas

Compartilhamos abaixo algumas causas da Hiperfosfatemia:

Hipoparatireoidismo: o hormônio paratireoide regula o metabolismo do fósforo e do cálcio. Por isso, no hipoparatireoidismo existe uma baixa ou nula produção do hormônio e isso pode resultar em uma redução do cálcio, com um aumento do fósforo no sangue.

Hipervitaminose D: junto com as regulações do cálcio e do fósforo, está a vitamina D. Seja porque uma disfunção nas glândulas paratireoides altera a vitamina D ou porque esta se encontra elevada no sangue devido a outra causa, é possível que tenda a aumentar o fósforo sanguíneo.

Consumo elevado de fósforo: a hiperfosfatemia por ingestão em excesso é rara. Se o organismo está funcionado corretamente, eliminará o excedente pela urina ou pelas fezes para que o fósforo não acumule.

Exercício prolongado: os exercícios extenuantes e de longa duração que danificam os músculos liberam o fósforo das células musculares para o sangue.

Quimioterapia: quando por alguma doença oncológica os pacientes recebem drogas quimioterápicas, as células que vão morrendo rapidamente também liberam seu fósforo interno no sangue, provocando níveis elevados de fosfato. Em suma, isso é conhecido como síndrome da lise tumoral, juntamente com outros sintomas também produzidos pela quimioterapia.

Sintomas da Hiperfosfatemia

Os alimentos mais ricos em fósforo são as carnes vermelhas e brancas, assim como os frutos secos, como as amêndoas e as nozes. Também existe uma boa disponibilidade do elemento nos lácteos, como o leite, o iogurte e o queijo. Alguns países possuem legislações alimentares que obrigam as indústrias a adicionar fósforo a certos produtos como uma forma de enriquecimento.

Hiperfosfatemia - Causas e Sintomas

O fosfato elevado no sangue pode ser encontrado mais como um achado incidental do que em razão dos sintomas. Na maioria dos casos, o dado aparece porque foi solicitado um exame de sangue geral para avaliar outras doenças na pessoa. Nesse sentido, quem sofre com essa doença raramente manifesta sintomas. No entanto, podem sim chegar a consultar um médico por problemas renais derivados de sua hiperfosfatemia, ou mesmo por sinais musculares.

Hiperfosfatemia - Causas e Sintomas

Quando o fósforo aumenta sua concentração sanguínea, costuma reduzir os níveis de cálcio, produzindo hipocalcemia. Nesse estado, os músculos sofrem câimbras com frequência, inclusive com o aparecimento de espasmos. Outra consequência a longo prazo é a alteração das paredes arteriais. O fósforo em excesso pode se depositar nas paredes dos vasos sanguíneos, juntamente com o cálcio, contribuindo para a arteriosclerose, o que aumenta o risco de episódios graves cardiovasculares.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? A Hiperfosfatemia pode ocasionar o surgimento de doenças e outros problemas de saúde.! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.