Saúde

Gripe H1N1 – Sintomas e Vacinação

Gripe H1N1 o primeiro surto do vírus aconteceu em 2009 e já naquela época ficou marcada seu grande potencial de transmissão. Em 2016, os casos surgiram mais cedo e ainda não se sabe por que voltou antes do tempo e tem deixado o país em alerta mais uma vez.

Gripe H1N1 – Sintomas e Vacinação

Sintomas da Gripe H1N1

A Gripe é qualquer infecção que tem por causa o vírus chamados influenza. O H1N1 é um desses vírus e faz parte do tipo A. A diferença é que os mais jovens que não estão incluídos como parte do grupo de risco para a gripe comum costuma ser muito mais suscetível ao vírus e ter mais complicações por esse vírus. As  crianças com menos de 2 anos principalmente as menores de 6 meses, gestantes, idosos, pessoas com doenças crônicas e as que recebem quimioterapia são as incluídas no grupo de risco para a gripe comum e na gripe H1N1. O H1N1, assim como os demais vírus influenza, sofre mutações o tempo todo  e pode combinar-se com outros vírus. Em 2009, ele se uniu a um vírus que circulava entre os porcos e foi isso que gerou a pandemia de gripe suína. Este vírus até então atacava penas os animais, os seres humanos não tinham a menor imunidade.

Gripe H1N1 Sintomas e Vacinação

Os sintomas da Gripe H1N1 são os mesmos da gripe comum com febre, os sintomas respiratórios, como tosse, dor de garganta e coriza, que acontecem ao mesmo tempo em que tem a indisposição, dor no corpo, prostração e falta de apetite. A gripe H1N1 igual as outras pode ocasionar a síndrome respiratória grave um quadro gripal mais grave onde a oxigenação do pulmão e de outros órgãos ficam comprometidos e pode levar a óbito.

Vacinação Gripe H1N1

A campanha de vacinação contra Gripe H1N1 esta prevista para iniciar no dia trinta de abril e terminar no dia vinte de maio já que, segundo o Ministério da Saúde os laboratórios não conseguem antecipar a produção da vacina. Entretanto o Ministério da Saúde autorizou os estados a usar os lotes que restaram do ano passado nas regiões onde a doença já estão em evidência. A vacina do ano passado protege somente contra o vírus H1N1. Quem tomar essa vacina devera tomar a nova para também e assim ficar protegido contra os dois outros tipos de vírus o H3N2 e o influenza B. As vacinas da rede  são trivalentes e protegem contra os vírus H1N1, H3N2 e o tipo B. A vacina aplicada na rede privada , são quadrivalentes, com cepas para mais um tipo de gripe B que costuma circular nos , Estados Unidos.

Gripe H1N1 –

O melhor sempre é prevenir e a gripe H1N1 necessita dos mesmos cuidados que qualquer outro tipo de gripe quando falamos em prevenção.

Abaixo compartilhamos os cuidados para evitar a gripe H1N1:

– Não fique muito próximo com uma pessoa que esteja infectada;

– Lave sempre as mãos com água e sabão e não coloque as mãos no rosto e, principalmente na boca;

– Leve sempre um frasco com álcool-gel para garantir que as mãos sempre estejam esterilizadas;

– Mantenha hábitos saudáveis. Alimente-se bem e coma muitas verduras e frutas. Beba bastante água,

– Não compartilhe utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros;

– Se for preciso utilize uma máscara para proteger-se de gotículas infectadas que possam estar no ar;

– Evite frequentar locais fechados ou com muitas pessoas;

– Verifique com um médico se há necessidade de tomar a vacina que já está disponível contra a gripe H1N1.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Tome todo cuidado com a gripe H1N1 e evita a contaminação!! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.