Saúde

Glaucoma Doença No Nervo Óptico – Tipos e Sintomas e Tratamento

Glaucoma Doença No Nervo Óptico que é o nervo que carrega as informações visuais recebidas pelos olhos até o cérebro.  A pressão intraocular elevada é um fator de risco expressivo para o aumento do glaucoma, não existindo, contudo uma relação direta entre um determinado valor da pressão intraocular e o aparecimento da doença. Alguns desenvolver dano no nervo com pressões relativamente baixas, outra pode ter pressão intraocular elevada durante anos sem apresentar lesões.

Glaucoma Doença No Nervo Óptico – Tipos e Sintomas e Tratamento

Tipos de Glaucoma Doença No Nervo Óptico

Se não for tratado adequadamente o glaucoma pode trazer dano permanente do disco óptico da retina, causando uma atrofia progressiva do campo visual, que pode progredir para cegueira.

Glaucoma Doença No Nervo Óptico – Tipos e Sintomas e Tratamento

Compartilhamos abaixo tipos de glaucoma:

Glaucoma de ângulo fechado (agudo): acontece quando a saída do humor aquoso é subitamente bloqueada. Isso causa um aumento rápido, doloroso e grave na pressão intraocular. Casos de glaucoma agudo devem ser tratados imediatamente, bem diferentes do que ocorre com o tipo crônico da doença, em que a pressão ocular acontece lenta e silenciosamente e vai danificando a visão lentamente.

Glaucoma de ângulo aberto (crônico): é o tipo mais comum de glaucoma e costuma ser hereditário. Entretanto sua causa é desconhecida. Um aumento na pressão ocular desenvolve-se lentamente com o passar do tempo neste tipo de glaucoma, e a pressão elevada causa um dano permanente no nervo óptico, causando perda do campo visual.

Glaucoma congênito: como o próprio nome diz o tipo em que a criança já nasce com a doença, passada da mãe durante a gravidez. Este tipo de glaucoma é considerado raro e se descoberto deve ser tratado imediatamente.

Glaucoma secundário: ele costuma acontecer devido o uso de medicamentos, como corticosteroides, pelos traumas e por outras doenças oculares e sistêmicas.

Sintomas do Glaucoma Doença No Nervo Óptico

Os sintomas de glaucoma costumam variar de acordo com o tipo da doença. E é importante ficar atento a eles buscando rapidamente atendimento médico e o tratamento necessário:

Glaucoma Doença No Nervo Óptico – Tipos e Sintomas e Tratamento

Compartilhamos abaixo sintomas do Glaucoma segundo o tipo:

Glaucoma de ângulo aberto:

-Muitas não apresentam sintomas até o início da perda da visão;

-Perda gradual da visão periférica lateral, também denominada visão tubular.

Glaucoma de ângulo fechado:

-Os sintomas podem ser intermitentes no início e piorarem rapidamente;

-Dor grave e súbita em um olho;

-Visão diminuída ou embaçada;

-Náusea e vômito;

-Olhos vermelhos;

-Olhos de aparência inchada.

Glaucoma congênito:

-Os sintomas podem ser percebidos assim que a criança tenha alguns meses de vida;

-Nebulosidade na parte frontal do olho;

-Aumento de um olho ou de ambos os olhos;

-Olho vermelho;

-Sensibilidade à luz;

-Lacrimação.

Tratamento de Glaucoma Doença No Nervo Óptico

O tratamento tem por objetivo diminuir a pressão ocular. De acordo com o tipo de glaucoma o tratamento é feito por meio de medicamentos ou se necessário até uma cirurgia.

Glaucoma Doença No Nervo Óptico – Tipos e Sintomas e Tratamento

Compartilhamos abaixo tratamentos para Glaucoma:

Glaucoma de ângulo aberto: o tratamento costuma ser bem-sucedido com uso de colírios. A maioria dos colírios utilizados possuem poucos efeitos colaterais em comparação aos do passado. Em alguns casos pode ser necessário o uso de mais de um tipo de colírio e alguns pacientes podem ser tratados também com pílulas que agem para baixar a pressão ocular. Atualmente novas pílulas e colírios vêm sendo desenvolvidos para proteger o nervo óptico dos danos do glaucoma.

Em alguns tratamentos pode ser necessário recorrer ao laser para ajudar na desobstrução da circulação do humor aquoso. Esse procedimento é costuma ser indolor. Outros pacientes podem necessitar de cirurgia tradicional para abrir um novo canal para o fluxo normal de humor aquoso.

Glaucoma de ângulo fechado: Glaucoma do ângulo fechado deve ser tratado como uma emergência médica. Se não for tratado em alguns dias pode levar à cegueira. Colírios, pílulas e medicamento intravenoso são utilizados para baixar a pressão nesses casos. Pequeno número de pacientes pode necessitar serem submetidos a uma operação de emergência, chamada de iridotomia. Este procedimento usa um laser para abrir um novo canal na íris, que alivia a pressão e previne uma nova crise.

Glaucoma congênito: esse tipo sempre é tratado com cirurgia para desobstruir as câmaras do ângulo. Isso é feito com o paciente completamente anestesiado.

Se tiver algum destes sintomas procure o médico imediatamente pois a  expectativa de tratamento e recuperação para glaucoma varia de acordo com o tipo da doença e das medidas tomadas por paciente e médico durante o período de tratamento. É importante ter sempre acompanhamento médico em todos os casos.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! O glaucoma é uma doença perigosa que necessita atenção e deve ser tratada prontamente! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.