Saúde

Embolia Arterial – Causas e Sintomas

Embolia Arterial uma condição onde  um coágulo viaja do lugar onde se formou para um novo local no corpo. E os membros inferiores são os mais atingidos. Ela pode se alojar em uma artéria e bloqueando o fluxo sanguíneo

Embolia Arterial – Causas e Sintomas

Causas da Embolia Arterial

Embolia em geral, é resultado de fibrilação atrial, porém demais arritmias, lesões valvares, aneurismas, cardioversão, endocardites, materiais protéticos, IAM, ICC também podem formar êmbolos. Corpos estranhos, células tumorais, gases também pode embolizar. A impactação ocorre em áreas de bifurcação, sendo a artéria femoral é o local mais comum (35 a 50% dos casos). A embolia pode acontecer exatamente na bifurcação da aorta, ocasionando a embolia à cavaleiro, obstruindo ambos os membros inferiores.

Embolia Arterial – Causas e Sintomas

A condição é realmente pouco conhecida, e diz respeito ao desprendimento de algum material sólido dentro das nossas artérias A embolia pode incidir tanto no sistema arterial quanto no venoso (é por isso que existem as duas nomenclaturas). E causa entupimento e interrupção do suprimento de sangue em alguma região. Em casos mais graves, leva à perda de membros, derrame e infarto na arterial. Já se o problema acontecer no sistema venoso corre-se o risco de morte súbita se a embolia for pulmonar.

Como na maior parte das vezes o trombo atinge os membros inferiores, o paciente pode apresentar dor súbita, esfriamento, dormência, dificuldade de movimentação ou paralisia total de parte ou de todo o membro e manifestar a morte de tecidos (gangrena). Se atingir um órgão, dependendo das circunstâncias, ele poderá manter a função normal, tê-la diminuída ou parar de funcionar. No cérebro, por exemplo, a pessoa pode desenvolver um AVC/derrame.

Sintomas da Embolia Arterial

Como na maior parte das vezes o trombo atinge os membros inferiores, o paciente pode apresentar dor súbita, esfriamento, dormência, dificuldade de movimentação ou paralisia total de parte ou de todo o membro e manifestar a morte de tecidos (gangrena). Se atingir um órgão, dependendo das circunstâncias, ele poderá manter a função normal, tê-la diminuída ou parar de funcionar. No cérebro, por exemplo, a pessoa pode desenvolver um AVC/derrame.

Embolia Arterial – Causas e Sintomas

No caso da embolia arterial, adotar hábitos saudáveis pode fazer toda a diferença. Isso porque, de um lado, a atividade física ajuda a melhorar o bombeamento de sangue no organismo, e a boa alimentação, por outro, previne o acúmulo de colesterol.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Evite por completo os fatores de risco: fumo, obesidade, sedentarismo, dislipidemia  e hipertensão arterial.! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.