Saúde

Dores da Endometriose – Dicas de Alimentação

Dores da Endometriose que atinge até 15% das mulheres em idade fértil de todo o mundo. De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde a porcentagem que também acontece no Brasil confirma a Associação Brasileira de Endometriose. Esta doença se caracteriza pela presença do tecido que reveste o interior do útero, o endométrio. E em outras partes do corpo, como ovários, bexiga, intestinos e, em casos raros, órgãos mais distantes, como os pulmões.

Dores da Endometriose – Dicas de Alimentação

Dicas de Alimentação Para Dores da Endometriose

As principais consequências da endometriose são a dificuldade para engravidar e dores agudas durante as relações sexuais. Dores também ao urinar e ao evacuar, especialmente no período menstrual. A alimentação pode ser de grande ajuda na hora de amenizar as dores da endometriose. Mas, também agir intensificando as dores por isso é importante saber o que deve comer e beber para ajudar a diminuir as dores.

Dores da Endometriose – Dicas de Alimentação

Compartilhamos abaixo algumas alimentações importantes para ajudar a controlar a dor da endometriose:

As frutas cítricas como a laranja e o limão são ricas em beta-criptoxantina. Esta substância é transformada em vitamina A quando metabolizada. Uma vez que a vitamina A é anti-inflamatória, a ingestão destas frutas ajuda a aliviar as dores da endometriose. De acordo com a pesquisa publicada na revista Human Reproduction, da Universidade de Oxford, o ideal para quem tem a doença é comer uma porção de fruta cítrica por dia, mesmo quando não houver uma crise de dor.

As frutas vermelhas são importantes fontes de vitamina C. Elas são o morango, mirtilo, framboesa e amora, por exemplo, e são antioxidantes. Por isso  preservam os capilares sanguíneos dos efeitos do envelhecimento, auxiliando no tratamento de processos inflamatórios.

Dores da Endometriose – Dicas de Alimentação

As sementes de abóbora é muito importante para quem tem a endometriose. Ela carrega em si diferentes formas de vitamina E e todas poderosas antioxidantes. Sua ação é bem parecida com a das frutas vermelhas.

As verduras contem fibras e assim facilita o trânsito intestinal e alivia as dores de endometriose. Principalmente nos momentos de evacuação e das mulheres que tenham tecido do endométrio no sistema digestivo. Coloque em sua dieta diária as verduras de que mais gostar, pois todas são muito benéficas.

Peixes como atum, sardinha e salmão são ricos em ômega 3. O ácido graxo que reúne o melhor de dois mundos para mulheres com endometriose por ser anti-inflamatório e antioxidante. O ideal é ingerir uma porção de um deles pelo menos uma vez por semana.

As castanhas e amêndoas sem sal são ótimas fontes de ômega 3 e de vitamina E. Elas têm atuação anti-inflamatória e antioxidante. Uma porção (10 g) diária de uma delas é suficiente para ajudar a manter as dores da endometriose controlada.

O chá de camomila tem efeito calmante e isso se deve à presença de flavonoides, compostos naturais anti-inflamatórios e antioxidantes. Durante uma crise de dor de endometriose, a ação do chá de camomila é imediata.

Compartilhamos abaixo o que alimentos deve evitar na endometriose:

-Pães e bolos à base de farinha de trigo;

-Frituras;

-Alimentos processados ou à base de refinados.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? O cuidado com a alimentação é importante na endometriose! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.