Diversos

Dor Na Coluna do Cachorro – Sintomas e Como Prevenir

Dor Na Coluna do Cachorro da mesma maneira que dos seres humanos os pets também podem ter dor na coluna. E inclusive esta é uma das queimas mais comuns nos principais atendimentos nas clinicas veterinárias.

Sintomas de Dor Na Coluna do Cachorro

A dor na coluna do animal pode ser algo mais grave como uma hérnia de disco.  É muito importante que o dono do cachorro fique atento aos sinais porque às vezes o problema se desenvolve de maneira silenciosa. A hérnia é um problema na saúde que resulta em um processo degenerativo do disco intervertebral. Isto pode desencadear complicações mais sérias e causar a paralisia do animal alem de trazer muita dor para a coluna.

Existem outros sinais que devemos ficar atentos pois indicam que existe o problema são a respiração ofegante, tremor, incômodos ao ser encostado ou pego no colo, não conseguir achar uma posição para sentar ou deitar, dificuldade para andar, arrastar a patinha e perder a coordenação. Quando a doença esta em um grau mais sério, o pet pode ficar paralisado e sem sensibilidade nas patas traseiras. Existem algumas raças maio predispostas a ter o problema entre eles o lhasa apso, shih tzu, daschund e bulldog.

Como Prevenir Dor Na Coluna do Cachorro

O problema pode acontecer em qualquer tipo de cão justamente por isso se perceber algum sintoma, é importante procurar um especialista. Quanto mais rápido se constatar o diagnostico de problemas na coluna e o tratamento ser realizado de maneira correta, mais rápido é possível a cura do animal.

Compartilhamos abaixo Como Prevenir dor na coluna do Cachorro:

Fique atento ao peso do seu cão, pois o sobrepeso é uma alteração grave para eles. Se as articulações ficarem com sobrecarrega pode potencializar doenças como a hérnia. Evite que ele tenha hábitos sedentários e mantenha a alimentação balanceada com rações apropriadas.

Fique atento às raças que já têm predisposição a ter o  problema as raças mencionadas anteriormente deve evitar subir e descer obstáculos, camas, sofás e escadas, pois isso pode levar ao agravamento da doença.  Faça com que o cachorro se exercite frequentemente. Para isso estimule a prática de exercícios e atividades físicas, como caminhadas e brincadeiras, pois elas fazem com que os pets desenvolvam a musculatura. O fortalecimento muscular ajuda a preservar e a proteger a coluna.

Sempre que for pegar o seu cachorro no colo faça com cuidado. Segure-o firmemente pela região do tórax e pela região pélvica. Não suspenda o animal apenas parte anterior o tórax pois isso pode causar incômodo e dor. Outra dica importante é usar coleira peitoral para dar maior suporte e não forçar a região cervical.

Faça massagens carinhosamente fazendo movimentos suaves na coluna dos pets ajuda a relaxar e amenizar dores e tensões. Apenas não use  nenhum produto sem indicação do veterinário durante essa atividade. O tratamento pode variar desde o uso de anti-inflamatórios e sessões de fisioterapia até cirurgia.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Sempre que houver algum problema com seu animal procure ajuda de um veterinário! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • doença de cachorro no traseiro

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.