Beleza

Diástase Abdominal – Como Tratar

Diástase Abdominal é o afastamento de determinados músculos abdominais causando uma espécie de afundamento pelo estiramento dos músculos. Pode atingir até trinta por cento das mulheres pós-parto.

Como Tratar a Diástase Abdominal

A principal característica da Diástase Abdominal é uma linha afundada que sai da região do peito e se estende até o umbigo. Esse afastamento pode chegar a dez cm de distância e acontece devido a fraqueza do reto abdominal que fica muito esticado durante o crescimento da barriga na gravidez e a rápida perda de peso. Também pode acontecer fora da gravidez, quando a pessoa levanta objetos muito pesados numa postura incorreta.

A Diástase pode se manifestar em diversos graus. As mais leves são mais simples de serem corrigidas, pois logo voltam espontaneamente. As consideradas moderadas necessitam de tratamento.

Compartilhamos abaixo alguns tratamentos para diástase abdominal:

Exercícios de Pilates Clínico são uma ótima opção de tratamento, mas devem ser supervisionados por um fisioterapeuta ou personal trainer porque mal executados podem causar um aumento na pressão intra-abdominal, e aumentar a separação dos retos, piorando a diástase ou levar ao surgimento de uma hérnia.

A fisioterapia também pode ser uma boa escolha onde pode ser utilizado equipamentos como o FES que promove a contração dos músculos, até que possa ser visto o seu salto. Esse aparelho pode ser feito durante 15 a 20 minutos e é muito eficiente no fortalecimento do reto abdominal.

A cirurgia é o último recurso para correção da diástase, entretanto ela é bem simples e consiste em costurar os músculos. Apesar da cirurgia poder ser realizada somente com este intuito, o médico também pode sugerir uma lipoaspiração ou abdominoplastia para remover a gordura em excesso, costurando o músculo para finalizar.

Compartilhamos abaixo vide de exercícios para Diástase Abdominal:

https://youtu.be/XNoxStr8rF8

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Um problema comum entre mulheres após o parto e que pode ser tratado com exercícios! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.