Saúde

Câncer de Pele – Sintomas, Causas e Prevenção

O câncer de pele é um dos mais comuns e também o que mais atinge a população – cerca de 25% dos cânceres da população mundial. Essa doença se caracteriza pelo crescimento descontrolado e anormal das células que compõe o tecido da pele. Qualquer célula dessa composição pode originar um tumor. Existem vários tipos de câncer de pele, e eles são divididos em dois grupos: melanoma e não melanoma.

Câncer de Pele - Sintomas, Causas e

Sintomas de Câncer de Pele

Como existem muitos tipos da doença na pele, os sintomas costumam variar muito. Os tumores geralmente aparecem em forma de uma pinta ou mancha na pele.

Câncer de Pele - Sintomas, Causas e Prevenção

Abaixo compartilhamos os aspectos e sintomasdo câncer de pele:

– Pode ser branca, rosa claro, bege e marrom;
– Sangra com facilidade;
– Pode ter aparência como uma ferida que não cicatriza;
– Pode vazar líquido como pu;
– Enrugamento da pele, perda de elasticidade e mudanças na pigmentação;
– Manchas que aumentam muito rápido de tamanho;
– Mudança em pintas ou manchas que já existiam;
– Coceira e comichão;
– Assimetria na forma da pinta;
– Se há cores misturadas.

Causas do Câncer de Pele

O fator de risco é algo que pode aumentar a chance de se desenvolver uma doença. Em especial no câncer de pele, qualquer coisa que faça com que a pele sofra danos irreversíveis a uma célula ou impeça que ela seja reparada, pode se tornar um fator de risco.

Câncer de Pele

Abaixo compartilhamos algumas causas do Câncer de Pele:

Características da pele: a pele os cabelos e olhos claros têm mais chances de sofrer câncer de pele, assim como aquelas que têm albinismo ou sardas pelo corpo. a pele que exposta ao sol sempre se queima e nunca bronzeia também corre mais risco. Aqueles que têm muitos nevos as chamadas pintas,  espalhados pelo corpo também precisam ficar atentos a qualquer mudança, como aparecimento de novas pintas ou alterações na cor e formato daquelas que já existem. Pessoas com pintas ou manchas de tamanhos grandes também precisam de atenção.

Histórico familiar: O câncer de pele é mais comum em quem têm antecedentes familiares da doença. Principalmente se associado a outros fatores de risco, a consulta com o dermatologista deve ser mais frequente.

Histórico pessoal: Pessoas que já tiveram um câncer de pele ou uma lesão pré-cancerosa anteriormente têm mais chances de sofrer com o tumor. Se já foi tratada para um determinado tipo de câncer de pele e ele retorna este é chamado de recidiva.

Imunidade enfraquecida: quem tem o sistema imunológico enfraquecido têm aumento de risco de câncer de pele. Isso inclui as pessoas que têm a leucemia ou linfoma, pacientes que tomam medicamentos que suprimem o sistema imunológico, ou então aqueles que foram submetidos a transplantes de órgãos.

Prevenção do Câncer de Pele

Usar filtro solar FPS 30 no mínimo e diariamente. Reaplique mais de duas vezes ao dia. Procure também evitar o período em que o sol é mais forte, que vai das 10h00 da manhã às 16h00. Sempre se proteja na sombra, e use outras proteções, como chapéus e camisetas. Também é indicado que procure orientação médica especializada, sempre que notar algo diferente em sua pele, como novas pintas ou manchas que não são características.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você.Gostou da matéria? Tenha os cuidados necessários com sua pele preserve sua saúde! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.