Saúde e Beleza

Calvície Feminina – Primeiros Sinais e Como Tratar

Calvície feminina acontece de forma continua e geralmente começa na adolescência ou no inicio da idade adulta. Manifesta-se primeiramente com uma diminuição no alto da cabeça sem que se note a perda de fios. A calvície é  mais comum nos homens mas as mulheres também são ameaçadas por ela o que ataca direto a vaidade feminina.

Calvície-Feminina-capa

Primeiros Sinais e Como Tratar a Calvície Feminina

Segundo a Sociedade Brasileira do Cabelo cinquenta por cento das mulheres tem alguma queixa ligada aos cabelos, E a calvície feminina afeta 5% das mulheres. A calvície feminina acontece primeiramente por fatores genéticos e alterações hormonais, inflamações no couro cabeludo e dietas com baixa proteína e é mais comum em mulheres durante a menopausa ou que possuem ovários policísticos.

Os primeiros sinais de calvície feminina são:

– Queda de cabelo mais intensa que o habitual;

– Diminuição da espessura dos fios;

– Clareamento da cor do cabelo;

– Diminuição da quantidade de fios no centro da cabeça;

– Aparecimento de regiões sem cabelo na cabeça.

Para poder iniciar o tratamento é necessário saber se existe mesmo queda excessiva de cabelos. A queda comum é quando se perdem aproximadamente cento e vinte fios por dia. Isto se reconhece quando a mulher ao acordar encontra em seu travesseiro mais de seis fios ou percebe fios de cabelos sobre o computador, comida, etc. Após se constatar a perda de cabelos excessiva é necessário fazer o diagnóstico correto através de um especialista e fazendo exames de sangue e se for o caso uma biópsia do couro cabeludo. Apenas o exame clínico não consegue dar o diagnóstico certo.

Calvície-Feminina

O importante para que o tratamento de bons resultados é agir de forma rápida. A maioria das mulheres conseguem amenizar o problema com tratamentos orais, dispensando assim o transplante.

Abaixo compartilhamos alguns tratamentos e alternativas disponíveis, de acordo com a causa que levou à calvície:

Via oral:

– Suplementos nutricionais especialmente para os cabelos os polivitamínicos não resolvem este tipo de problema. As fórmulas geralmente são compostas por minerais e cofatores que penetram na composição do cabelo, assim como a vitamina B, ferro, zinco e queratina;

– Bloqueadores Enzimáticos pois as enzimas são catalisadoras. Elas conseguem acelerar as reações químicas orgânicas e nos tratamentos para calvície impedem que os hormônios se transformem em outros processos metabólicos causando a queda dos cabelos.

INJETAVEIS
– Bloqueadores Enzimáticos e vitaminas, além de peptídeos, conhecidos como fatores de crescimento, são aplicados no couro cabeludo para evitar a queda dos fios e estimular o nascimento de outros novos.

Eletrônicos:

– Desincruste: Tratamento feito com um aparelho que emite uma pequena corrente elétrica, ele é aplicado com uma gaze e é usado para limpar o couro cabeludo;
– Laser: Igual ao aparelho de LED, o laser serve para estimular o crescimento dos fios, pois tem ação anti-inflamatória;

– Micro-pigmentação capilar: Um tratamento definitivo que camufla a calvície escurecendo o couro cabeludo através da aplicação de pigmentos específicos que produzem a ilusão de maior densidade capilar. O resultado costuma ser bem natural.

Transplante:

O transplante não costuma ser a primeira indicação de tratamento. Ele só é indicado quando todos os outros tratamentos não deram resultados. Ele só é o primeiro tratamento quando se trata de casos com cicatrizes após queimaduras ou radioterapia. Alguns outros casos podem ser resolvidos com o transplante e são eles transparência muito aparente que deixa o couro cabeludo a mostra principalmente quando é na frente e fica a mostra, em caso de testa muito grande, entradas profundas e fios muito ralos.

O transplante é feito removendo os fios de cabelo de uma área chamada de doadora no próprio paciente normalmente é colhido acima da nuca e é transplantado fio a fio para a região calva preservando as raízes.  Os fios transplantados irão crescer para sempre e com muita naturalidade. Para fazer o procedimento é usada anestesia local e pode demorar de 7 a 9 horas e o risco de complicações é bem baixo.

Perucas e Apliques:

A cada dez mulheres uma escolhe usar estes recursos. É possível usar o aplique quando a perda de cabelos se da em uma determinada área. Mas se a calvície for espalhada por todo couro cabeludo é mais indicado o uso da peruca. Entretanto alguns médicos afirmam que o uso destes artifícios pode prejudicar o crescimento de novos cabelos transplantados, pois deixa a região abafada. Ainda pode facilitar o surgimento de inflamações do couro cabeludo e dermatites seborreicas. O uso de perucas e apliques só são indicados em casos extremos onde a paciente não possui mais áreas doadoras como nos casos de quimioterapia.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Calvicie Feminina quanto antes tratar melhor!!! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.