Saúde

Bulimia Nervosa – O Que É, Diagnóstico e Como Tratar

Bulimia nervosa é um transtorno alimentar que a pessoa come muito e rapidamente. Para que não engorde e ganhe peso quer eliminar o que comeu através do vomito ou usando laxantes. Quem tem o comportamento bulímico não consegue se controlar e exageram na hora de comer, elas também tendem a se exercitar sem parar para prevenir o ganho de peso. Diferente da anorexia a pessoa bulímica pode ficar dentro do peso ideal.

Buimia-Nervosa

A bulimia nervosa não esta ligada diretamente a problemas com a comida e sim com questões emocionais que pode ter começado através de uma dieta, estresse ou emoções que a incomodam. O fato de vomitar para eliminar a alimentação faz com que a pessoa sinta que tem o domínio sobre sua vida. Não existe uma única causa para o comportamento bulímico são vários os fatores que podem desencadear o problema como culto a magreza, pessoas da família que já tenham o problema, fatores biológicos, stress e ameaças.

Diagnóstico da Bulimia Nervosa

Não é muito fácil fazer o diagnostico da bulimia nervosa pois os sinais não são muito evidentes, normalmente a pessoa que sofre de bulimia pode ser magra, obesa ou ser normal. O ato de vomitar quase sempre é feito as escondidas 
O vistoria clínica da bulimia nervosa pode não ser tão fácil por seus sinais muitas vezes não ficarem aparentes. Uma pessoa com bulimia pode ser magrinha, obesa ou ter peso normal. Além disso, os comportamentos como vomitar são muitas vezes realizados escondidos.

Buimia-Nervosa.compulsão

Porém, alguns sinais podem indicar que a pessoa tem bulimia nervosa, como:

Guarda a comida para seus ataques voraz e frequentemente é massa, pão, sobremesas fritas etc.. Mas na hora do ataque ingere por compulsão qualquer comida;

Mente frequentemente sobre o que comeu;

Vomita em secretamente;

Laxantes e diuréticos são encontrados sempre escondidos;

A água da torneira ou chuveiro estão sempre abertas para encobrir o barulho dos vômitos;

Esta sempre preocupada com o peso, seu corpo ou aspecto no geral;

Frequentemente tem dores de garganta que é resultado de vômitos frequentes;

Problemas nos dentes que também são consequência dos vômitos diários;

Usar sempre roupas largas e soltas;

Um impulso sexual muito pequeno ou até nenhum.

Bulimia nervosa causa nos doentes muitos problemas entre eles destacamos:

Anemia intensa;

Problemas cardíacos, como alterações do ritmo cardíaco e insuficiência cardíaca;

Queda de dentes;

Ausência de menstruação;

Problemas gastrointestinais como constipação, plenitude gástrica e náuseas;

Queda de eletrólitos: potássio, sódio e cloreto;

Depressão;

Suicídio;

Ansiedade e estresse excessivos;

Uso abusivo de álcool;

Comportamentos autopunitivos.

Tratamento da Bulimia Nervosa

Bulimia Nervosa tem tratamento e pode se acompanhada por médico, nutricionista e terapeuta fazendo com que o paciente faça reeducação alimentar voltando a ter hábitos saudáveis e também fazer com que controle suas emoções. Para isso são usados remédios antidepressivos para amenizar a compulsão.

Doentes com bulimia nervosa podem melhorar com tratamento. Uma equipe formada por médico, nutricionista e terapeuta pode ajudar o paciente a se recuperar o ensinando padrões alimentares saudáveis e a como controlar suas emoções. Medicamento antidepressivo também pode ser usado no tratamento da bulimia nervosa.

O tratamento é extenso e incluem a psicoterapia individual, em grupo e familiar e também uma avaliação clinica profunda para avaliar as complicações se houver.

O tratamento psicoterapêutico mais indicado e que mais traz resultado é a terapia cognitivo-comportamental.

É necessário um tratamento efetivo para devolver a essas pessoas um padrão alimentar saudável e manter a sua saúde. Por isso ao notar alguns destes sintomas não espere para  procurar um medico.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria? Fique atento aos sintomas da bulimia nervosa! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.