Saúde

Alopecia – Causas e Tratamento

Alopecia é um problema de saúde caracterizado pela rápida e repentina perda de cabelos do couro cabeludo ou de qualquer outra região do corpo. A doença faz com que o cabelo caia em grandes quantidades em áreas especificas deixando a vista o couro cabeludo ou a pele que antes era coberta por cabelos ou pelos corporais.

Causas da Alopecia

Sabe-se que uma das causas do problema é uma disfunção do sistema imunológico, que começa a atacar os folículos capilares durante a fase de crescimento agindo como se eles fossem um agente invasor do corpo. Desta maneira formam-se uma ou mais áreas localizadas de calvície, que podem se recuperar espontaneamente depois de alguns meses. O problema pode se repetir várias vezes durante a vida e a maioria das ocorrências acontece no couro cabeludo, mas as áreas calvas podem surgir também na barba, nas sobrancelhas, cílios ou em qualquer área do corpo que tenha pelos. Em casos mais raros, o quadro pode avançar por todo o couro cabeludo sendo chamado de alopecia total  ou até mesmo comprometer todos os pelos do corpo conhecido como alopecia universal.

Acredita-se que possa haver uma predisposição genética para a alopecia areata  onde encontra-se parentes com a mesma condição ou quem tenha outras doenças autoimunes como doença de Graves, tireoidite de Hashimoto, artrite reumatoide, esclerose múltipla, dermatite atópica, lúpus eritematoso, psoríase e vitiligo  também parecem mais propensos a ter a alopecia. Em alguns casos surgem também alterações na formação das unhas  com o surgimento de marcas e irregularidades na textura das unhas, como se fossem arranhões ou pequenos furos. Não se sabe ao certo quais são os fatores que podem disparar um episódio de calvície, mas muitos especialistas acreditam que situações de stress e traumas emocionais podem ter um papel importante.

Tratamento de Alopecia

Caso a perda de cabelo não seja total, o cabelo pode crescer novamente dentro de alguns meses, sem tratamento. Mas mesmo assim o tratamento é recomendado em quase todos os casos, pois geralmente a região em que ocorre queda não costuma mais nascer cabelo. Mas mesmo no caso de perda de cabelos mais intensa, não está certo que o o tratamento pode ajudar a mudar o curso da situação.

Abaixo compartilhamos os tratamentos comuns:

– Injeção de esteroides sob a superfície da pele

– Medicamentos aplicados à pele

– Terapia com luz ultravioleta

– Medicação administradas por via oral (pela boca).

É importante ter sempre em mente que somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Por isso antes de tomar qualquer atitude procure um médico especialista e siga sempre à risca suas orientações.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Este problema de saúde costuma trazer muitos incômodos e deve ser tratado com atenção! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.