Saúde

Alergia ao Calor – Sintomas e Como Evitar

Alergia ao Calor não é exatamente um tipo de alergia. Na verdade ele desencadeia processos físicos que podem resultar episódios alérgicos. Segundo a OMS-Organização Mundial de Saúde, no Brasil, 30% da população sofre de algum tipo de alergia. As mais comuns em bebês e crianças pequenas são a brotoeja. E também a dermatite de contato, urticária e as alergias causadas por picadas de insetos.

Sintomas da Alergia ao Calor

Nos dias mais quentes o organismo produz suor para manter a temperatura do corpo em equilíbrio. Desta maneira natural ele evita as possíveis complicações de um aumento exagerado da temperatura corporal. Mas a sudorese excessiva pode causar reações alérgicas principalmente em poros que estiverem entupidos. O suor não é liberado e, assim, não evapora, permanecendo em contato com a pele por mais tempo do que o normal. Desta forma podem surgir manifestações típicas de uma alergia.

Compartilhamos abaixo alguns dos sintomas da alergia ao calor:

-coceira na região afetada;

-placas vermelhas;

-surgimento de bolhas;

-bolinhas vermelhas, também conhecidas como miliária ou brotoeja;

-irritação imediatamente após a exposição ao sol.

Compartilhamos abaixo alguns dos sintomas da alergia ao calor se a área afetada pelo calor for muito grande:

-febre;

-fadiga;

-náuseas;

-vômito;

-dor no abdômen;

-dispneia, ou dificuldade para respirar.

Como Evitar a Alergia ao Calor

A alergia ao calor muito desconforto, principalmente para quem vive em regiões mais quentes. Nestes lugares é muito difícil fugir da exposição ao sol. Mas, existem alguns cuidados e hábitos que podem evitar ou reduzir os efeitos.

Compartilhamos abaixo como evitar:

-nos dias quentes, tome banhos frios;

-não se esqueça de beber bastante água e sucos e evite as bebidas muito quentes;

-hidrate a pele com loções leves, sem perfume, que não bloqueiam os poros;

-use roupas de tecidos naturais do tipo algodão ou malhas frias;

-evite usar bijuterias e roupas apertadas, bem como tecidos sintéticos;

-nos bebês, mantenha a fralda sempre limpa e seca;

-use protetor solar e não exponha a região afetada ao sol, para evitar o aparecimento de manchas;

-procure permanecer em ambientes climatizados sempre que possível.

Apesar de  todos esses cuidados, ainda pode haver alguma piora das reações alérgicas. Em alguns casos, é necessário iniciar um tratamento para eliminar os sintomas, o que pode incluir, além da exposição controlada ao calor, o uso de anti-histamínicos e anti-inflamatórios. Para esses casos o indicado é buscar a orientação de um médico.

Agradecemos a visita em nosso site. Procuramos trazer sempre o melhor para você. Gostou da matéria! Os dias mais quentes podem desencadear sintomas de alergia em alguns casos! Deixe seu comentário.

Print Friendly, PDF & Email
Últimas Pesquisas:
  • alergia a suor
  • como tratar alergia do calor

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.